Máquina JY

Como é feito o doce nas fábricas?

Para criar os doces mais deliciosos, os fabricantes utilizam diversos processos diferentes. Um processo envolve a criação de uma massa de açúcar, que é alimentada em um formador de lote para formar um cone. Um sistema de aquecimento especial evita que a massa rache. A corda de açúcar é então dimensionada e entregue a um medidor de corda. Um aquecedor elétrico mantém o cordão de açúcar em perfeitas condições plásticas. Após esse processo, a bengala está pronta para embalagem e consumo.

Produzindo bastões de doces

Na década de 1920, a Bobs Candies Inc. começou a produzir comercialmente bastões de doces. O fundador, Bob McCormack, os fez para seus filhos, amigos e lojistas do bairro. Hoje, Bobs vende bastões de doces para a Ferrara Candy Co., e outros fabricantes os cozinham o ano todo. Doscher's Candy Co. é um conhecido fabricante de bastões de doces durante as férias.

Primeiro, o processo começa esticando o açúcar até a espessura desejada. Este processo é seguido pela adição de cor e aromatizante. Em seguida, uma grande porção do doce é prensada em um pão branco. Assim que o doce esfriar, ele é embrulhado individualmente e recebe o gancho exclusivo. Todo o processo leva aproximadamente 30 minutos e requer a ajuda de um funcionário qualificado. Em última análise, é um trabalho gratificante que torna a época de festas ainda mais agradável.

Depois que as bengalas são embaladas em plástico, elas são transportadas para embalagens secundárias. Alguns fabricantes embrulham seus doces em plástico transparente quando eles saem da extrusora. Um selador térmico sela o doce, o que também adiciona um sabor natural de hortelã-pimenta. A próxima etapa envolve a preparação da massa de doce para distribuição. Depois de devidamente embalada a massa do doce, ela é levada para uma mesa aquecida. Uma máquina de embalar evita que os bastões de doces percam a forma. Depois disso, é transferido para um caminhão para transporte.

Fazendo pasta de cana-de-doce

No processo de fabricação, a pasta de cana-de-açúcar passa por diversos testes, incluindo pH, viscosidade e testes de aparência e sabor. O açúcar é gradualmente fervido, de modo que o produto final contém menos moléculas de água do que o produto inicial. Além disso, adiciona-se creme de tártaro à mistura para criar bolhas de ar e tornar o pão de açúcar mais estável. Para controlar a retenção de umidade, a pasta contém pequenas quantidades de sal.

A mistura é então alimentada em uma máquina que dobra o lote, garantindo que o doce tenha o mesmo sabor em toda a cana. Extratores automáticos esticam a mistura até a cor branca e depois a colocam em um tronco gigante. Unidades de aquecimento ajudam o doce a esfriar, para que ele possa ser moldado em um bastão de doce. Este método requer muita habilidade e atenção aos detalhes, mas o processo é altamente gratificante.

Depois que o açúcar esfria, os trabalhadores inserem um cajado nas bengalas. Depois que os bastões de doces são resfriados, eles são enrolados em bandejas para serem embalados. O processo se repete até que cada cana atinja o comprimento e a espessura desejados. Os bastões de doces acabados estão prontos para venda. Certifique-se de comprar alguns para dar de presente ou para você mesmo! E não se esqueça de compartilhar os doces com quem você ama!

Fazendo bastões de doces

Somente na década de 1950 é que os bastões de doces foram produzidos em massa. Eles foram inicialmente feitos à mão, um processo trabalhoso. Esses doces foram então vendidos localmente. A invenção de uma máquina de bastões de doces por Gregory Keller na década de 1950 estimulou a produção em massa. Hoje, mais de 1,7 bilhão de bastões de doces são vendidos anualmente. É difícil imaginar as férias sem essas delícias. Mas como eles os fazem?

Os ingredientes das bengalas são açúcar e xarope de milho, que são armazenados em tanques de aço inoxidável. Esses ingredientes são monitorados sob rigorosas condições ambientais e testados regularmente em laboratório. Eles são então bombeados para as cozinhas de produção, onde a temperatura é mantida em um nível elevado para evitar que os doces esfriem muito rapidamente. Em seguida, são misturados em pré-fogões e transferidos para uma panela a vácuo. O cronômetro inicia o processo e o lote rende aproximadamente 45 quilos de doce.

Em seguida, os bastões de doces são embalados. Alguns fabricantes embrulham os bastões de doces em plástico transparente assim que saem da extrusora. Depois de embalados, eles são colocados em uma embalagem secundária. Embrulhar os bastões de doces irá protegê-los dos danos causados pela umidade, o que é crucial para sua vida útil. Finalmente, os bastões de doces são enviados para todo o mundo. Os EUA celebram o Dia Nacional da Bengala Doce em 26 de dezembro.

Porque escolher-nos?


A Shanghai Junyu começou como fabricante de equipamentos alimentícios, especializada em diversos tipos de máquinas para a indústria alimentícia. Nossa linha inclui máquinas para fazer biscoitos, máquinas para fazer doces, máquinas para fazer chocolate, máquinas para fazer wafers, máquinas para fazer bolos, máquinas de embalagem e muito mais. Com o compromisso com a qualidade e a inovação, nos esforçamos para fornecer equipamentos de primeira linha para atender às diversas necessidades de nossos clientes no setor de fabricação de alimentos.

Gama diversificada de produtos: A Junyu oferece uma ampla variedade de equipamentos para alimentos, incluindo máquinas para fazer biscoitos, máquinas para fazer doces, máquinas para fazer chocolate e muito mais, atendendo a diversas necessidades da indústria alimentícia.
Máquinas de alta qualidade: A Junyu tem o compromisso de produzir equipamentos de alta qualidade, garantindo durabilidade, confiabilidade e eficiência nos processos de produção de alimentos.
Tecnologia inovadora: Com foco na inovação, a Junyu integra tecnologia avançada em suas máquinas, melhorando o desempenho e a produtividade de seus clientes.
Opções de personalização: A Junyu oferece opções de personalização para adequar as máquinas de acordo com as necessidades específicas do cliente, garantindo que cada máquina atenda às necessidades exclusivas de seus usuários.
Conhecimento e Experiência: Com anos de experiência na indústria, a Junyu desenvolveu experiência na fabricação de equipamentos para alimentos, oferecendo aos clientes produtos confiáveis apoiados pelo conhecimento da indústria.
Alcance global: A Junyu tem presença global, atendendo clientes em todo o mundo e fornecendo suporte e serviços sempre que necessário.

Receba um orçamento grátis


    Postagens recentes

    Produtos

    Categorias de Produtos

    Receba um orçamento grátis

      pt_BRPortuguês do Brasil