Você provavelmente já se perguntou como são feitos os biscoitos. Além dos ingredientes, você também pode se interessar pelos processos de cozimento e tostagem. Este artigo fornecerá alguns insights sobre a produção de biscoitos. Então, o que se passa em um biscoito? Continue lendo para saber mais! Abaixo estão as etapas da produção de biscoitos. O que há em um biscoito? Como é feito? E o que vem na embalagem?

Ingredientes

Ao contrário dos bolos, os biscoitos são feitos de farinha de trigo e óleos vegetais parcialmente hidrogenados. Os biscoitos também costumam ser feitos com xarope invertido, sal e agentes fermentadores. Existem também vários aromas adicionados aos biscoitos. Os biscoitos são populares entre crianças e adultos. Eles são um excelente negócio doméstico, lucrativo e saudável. Aqui estão alguns ingredientes comuns encontrados em biscoitos feitos em fábrica.

Biscoitos simples, como biscoitos amanteigados, contêm 44% glicose, 13% Marie e 12% outros ingredientes. Há também biscoitos e biscoitos de leite. Alguns até incluem chocolate ou creme. As fábricas de biscoitos possuem diversas máquinas que transformam os ingredientes em uma massa perfeita. Durante o processo de mistura, a temperatura da massa também é importante. A massa será modelada em diversos formatos e depois transportada ao forno para assar.

Processo de cozimento

Numa fábrica, o processo de cozimento dos biscoitos começa com a moldagem. Após a conclusão do processo de moldagem, os biscoitos são enviados para um forno enorme. Esses fornos são movidos a carvão, a gás ou aquecidos por eletricidade. A temperatura nestes fornos é controlada com precisão para manter o teor correto de umidade e desenvolver a estrutura do biscoito. Depois de assados, os biscoitos são transferidos para uma esteira para esfriar. Em seguida, os biscoitos são embalados de diversas formas. Em uma embalagem primária, os biscoitos são colocados em um saco plástico ou caixa de papelão.

READ  Como é feito o chocolate nas fábricas?

Por volta da década de 1850, novos tipos de cortadores de biscoitos e máquinas misturadoras foram inventados. Os empresários que montaram fábricas de biscoitos foram os primeiros a utilizar misturadores. George Palmer, que tinha conhecimentos práticos de panificação, projetou os primeiros misturadores. Essas máquinas eram de fuso vertical e duraram até o século XX. Os primeiros cortadores eram alternativos e pareciam muito semelhantes aos biscoitos cortados à mão. Essas máquinas permaneceram em produção até a década de 1960.

Processo de embalagem

Há muitas coisas a se ter em mente quando se trata do processo de embalagem de biscoitos nas fábricas. A absorção e perda de umidade pode causar a deterioração dos biscoitos. Os biscoitos também podem desenvolver sabores estranhos e ranço devido à umidade da embalagem. Além disso, os insetos podem entrar nas embalagens dos biscoitos e causar um problema secundário. Se quiser evitar esses problemas, preste atenção a esses detalhes.

O processo de embalagem dos biscoitos nas fábricas difere dependendo da confecção e do estilo do produto. As formas mais comuns de embalagem são máquinas automáticas ou sistemas de transporte. Os biscoitos são então transportados em pilhas, colunas ou outras formas confusas. Para cada tipo de biscoito, o sistema de embalagem possui recursos convenientes de classificação, como a capacidade de identificar o tamanho do biscoito. Essas máquinas podem processar até 150 embalagens por minuto e podem ser usadas para embalar uma variedade de produtos.

Processo de escurecimento

O processo de cozimento tradicional é realizado combinando os ingredientes até formar uma massa. No entanto, o tipo de ingredientes, a ordem em que são misturados e a temperatura em que são cozidos influenciam o resultado final. Vários fatores devem ser considerados para garantir que o biscoito final seja uniformemente marrom ou chocolate amargo. Aqui é fornecida uma explicação detalhada do processo de cozimento de biscoitos. Usar um mixer é outra opção. No entanto, os ingredientes utilizados dependem do tipo de biscoito que está sendo feito.

READ  Como é feito o chocolate nas fábricas?

O DF, um polímero solúvel, é conhecido por inibir a formação de bolhas de ar no produto final. Níveis mais elevados de DF resultam em menos bolhas de ar. No entanto, biscoitos com altos níveis de F não apresentam qualquer redução significativa nas bolhas de ar, e um grande número de bolhas de ar pode ser visto no final do processo de cozimento. Em contrapartida, biscoitos com alto teor de F também foram suscetíveis a bolhas de ar, embora fossem menos pronunciadas do que aqueles contendo alto teor de FD.

Processo de aromatização

Existem vários métodos utilizados para aromatizar produtos assados nas fábricas. Alguns dos mais comuns são os pós utilizados no processo de fabricação de biscoitos. Outros métodos incluem a inclusão de sabores líquidos na massa antes de assar ou o uso de pó e pulverização após o cozimento. Alguns dos métodos envolvem a adição de sabores a porções não assadas do biscoito. Esses métodos não são recomendados para biscoitos porque geralmente ficam muito bagunçados e têm odores fortes.

O processo de cozimento de um biscoito começa com a incorporação de água à massa. À medida que a temperatura aumenta, as bolhas de água e de ar expandem-se rapidamente, causando um aumento significativo no volume. A água na massa faz com que as moléculas de amido comecem a gelatinizar. Felizmente, raramente há água suficiente num biscoito para gelatinizar completamente o amido, especialmente em massas curtas. Após atingir 70°C, os pedaços de massa ficam estáveis e bem formados. Mais 70°C são alcançados quando o processo de gelatinização do amido começa. O bicarbonato de sódio é um sal residual e tem efeito escurecido nos biscoitos.

Porque escolher-nos?


A Shanghai Junyu começou como fabricante de equipamentos alimentícios, especializada em diversos tipos de máquinas para a indústria alimentícia. Nossa linha inclui máquinas para fazer biscoitos, máquinas para fazer doces, máquinas para fazer chocolate, máquinas para fazer wafers, máquinas para fazer bolos, máquinas de embalagem e muito mais. Com o compromisso com a qualidade e a inovação, nos esforçamos para fornecer equipamentos de primeira linha para atender às diversas necessidades de nossos clientes no setor de fabricação de alimentos.

Gama diversificada de produtos: A Junyu oferece uma ampla variedade de equipamentos para alimentos, incluindo máquinas para fazer biscoitos, máquinas para fazer doces, máquinas para fazer chocolate e muito mais, atendendo a diversas necessidades da indústria alimentícia.
Máquinas de alta qualidade: A Junyu tem o compromisso de produzir equipamentos de alta qualidade, garantindo durabilidade, confiabilidade e eficiência nos processos de produção de alimentos.
Tecnologia inovadora: Com foco na inovação, a Junyu integra tecnologia avançada em suas máquinas, melhorando o desempenho e a produtividade de seus clientes.
Opções de personalização: A Junyu oferece opções de personalização para adequar as máquinas de acordo com as necessidades específicas do cliente, garantindo que cada máquina atenda às necessidades exclusivas de seus usuários.
Conhecimento e Experiência: Com anos de experiência na indústria, a Junyu desenvolveu experiência na fabricação de equipamentos para alimentos, oferecendo aos clientes produtos confiáveis apoiados pelo conhecimento da indústria.
Alcance global: A Junyu tem presença global, atendendo clientes em todo o mundo e fornecendo suporte e serviços sempre que necessário.

Receba um orçamento grátis


    pt_BRPortuguês do Brasil